Viva os encantos do Arouche

Viva os encantos do Arouche

Chamado de Largo de Ouvidor em homenagem à independência do Brasil em 1822, nome depois substituído por Largo da Artilharia e Praça Alexandre Herculano, o atual Largo do Arouche teve seu nome inspirado no marechal José Arouche de Toledo Rendon, reconhecido por ser o primeiro diretor da Faculdade de Direito de São Paulo e do Jardim Botânico.

Está localizado na região central de São Paulo, próximo à estação República de metrô, o Largo do Arouche é caracterizado pelo clima romântico que traz à cidade com suas floriculturas, edifícios de sacada e porta-balcão e restaurantes tradicionais, além de contar com famosas esculturas em bronze como a “Depois do banho”, deVictor Brecheret. Famoso por seu Mercado de Flores, tradição do local há mais de 58 anos, reunindo diversos floristas da Praça da República, o Largo é conhecido também como “Praça das Flores”, de modo a apresentar grande semelhança com mercados de flores franceses.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Viva os encantos do Arouche

Foto do site coelhodafonseca.com.br

O local abriga ainda o La Casserola, o primeiro bistrô da capital paulista, fundado em 1954, que hoje conta com festivais que mesclam arte e gastronomia e o restaurante O Gato Que Ri, conhecido por aqueles que apreciam tradicionais massas italianas, recebendo até mesmo famosos atores e músicos da velha guarda que lá fazem suas refeições até a meia-noite.
Há o San Raphael Hotel, indicado para turistas e realização de conferências em uma de suas diversas salas de convenção, contando ainda com Arouche Beer Sports Bar, que traz grandes sucessos da MPB com shows ao vivo, de segunda à sexta-feira, na chopperia do hotel. Parte da vizinhança do Arouche, quem passar pela Rua Aurora terá a oportunidade de experimentar o chope e o famoso bolinho de bacalhau do Bar Leo, fundado na década de 40 por um alemão que logo vendeu o estabelecimento a um senhor chamado Leopoldo, que deu nome ao reconhecido boteco. São várias opções de bares e restaurantes para todos os gostos , aproveite a noite e divirta-se.Algumas opções abaixo:


LA CASSEROLE

Há mais de 60 anos em frente ao simpático Mercado de Flores, o bistrô ainda serve clássicos da época da fundação, como o ‘Coq au Vin’ (R$ 64). Mas também se reinventa com nova carta de cerveja e atividades como a harmonização ‘Queijos, Cervejas e Vinhos’, marcada para 5ª (29), por R$ 170. Lgo. do Arouche, 346, 3331-6283. 12h/15h e 19h/0h (sáb., 12h30/16h e 19h/0h30; dom., 12h30/16h30; fecha 2ª). www.lacasserole.com.br

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Viva os encantos do Arouche

Foto do site passioneperilviaggio

O GATO QUE RI

Com salão e garçons à moda antiga, é um dos endereços mais confiáveis quando se trata de massa fresca na região – à venda também na rotisseria. O ‘Capelete à Romanesca’ (R$ 55,70) é o carro-chefe, desde 1951. Lgo. do Arouche, 37/41, 3331-0089. 11h/0h (6ª e sáb., até 1h). www.ogatoqueri.com.br
yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Viva os encantos do Arouche

Foto do site viagemeastronomia.com.br

ESTHER ROOFTOP

Mais novo residente da área, o restaurante dos irmãos franceses Pierre e Olivier Anquier tem atraído grande público à cobertura do edifício Esther, para curtir o skyline e provar receitas como as sardinhas grelhadas (R$ 25). Pça. da República, 80, 3256-1009 (84 lug.). 12h/15h e 18h/23h (sáb., 12h/1h; dom., 12h/18h).

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Viva os encantos do Arouche

Foto do site Estadão

RINCONCITO PERUANO

O chef peruano Edgard Villar vendia marmitex antes de abrir o primeiro restaurante em 2005, na Rua Aurora, 451. Agora seus
ceviches substanciosos – como o ‘Misto’ (R$ 41,90), com frutos do mar – são preparados em cinco endereços concorridos. Todos eles simples e decorados com motivos peruanos, como este na República. Av. Vieira de Carvalho, 86, 3221-5621. 12h/15h e 19h/23h (dom., até 21h; fecha 2ª). www.rinconcitoperuano.com.br

VOVÔ ALI

A lanchonete é um pedacinho do Líbano, com paredes vermelhas e empório de produtos típicos. A nova filial do Centro é tocada por Lucas Martini, antigo frequentador, e pela libanesa Aliah Merhi – responsável pela cozinha. O sucesso se apoia em pratos fartos e a preço justo, caso dos sanduíches de falafel e shawarma (R$ 14, cada) e das esfihas abertas (R$ 4/R$ 5) e fechadas (R$ 10/R$ 13), assadas numa chapa convexa. Av. Vieira de Carvalho, 203, 3331-0146. 12h/20h (5ª a sáb., até 21h; fecha dom. e fer.).

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Viva os encantos do Arouche

Foto de divulgação do site

TASCA DO AROUCHE

Parece uma vila, com clima romântico e reservado, no térreo do Hotel San Michel. Especialidade da casa, o bacalhau surge em versões como o ‘Lagareiro’, assado, com cebola, alho, batatas ao murro e brócolis (R$ 125). O chef Paulo Franco, que acaba de assumir o posto, promete novo menu executivo (R$ 59) e jantares harmonizados. Lgo. do Arouche, 212, 3224-1421. 12h/15h e 19h/23h (dom., 12h/17h; fecha 2ª). www.atascadoarouche.com.br
Foto de destaque via Folha/UOL
yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Viva os encantos do Arouche
Natural do Estado do Rio de Janeiro, formada em Direito, que ama viajar, conhecer novos lugares e pessoas. Apaixonada por filmes e séries, com uma grande admiração pelo universo geek. Adora animais e principalmente os felinos. Conheceu São Paulo há 10 anos atrás e gostou muito daqui. Hoje mora no ABCD paulista em Diadema. É Paulista de coração e visita a capital paulistana com frequência, pois ama a terra da garoa.
  Acompanhe também as nossas redes sociais instagram e facebook

Leave a Reply

*