RAPIDINHAS

ENTRELINHAS URBANAS: 96 bairros representados por 96 artistas!

Vivemos em uma das maiores e mais diversas cidades do planeta!

São Paulo é tão grande que muitos sequer sabem que tem mais de 400 bairros apenas na região metropolitana. Em uma cidade do tamanho de um país, quantos de nós conhece de verdade o lugar onde vive?

A maioria das vezes, passamos pelas ruas alheios à suas histórias e às vivências de outros que circulam pela cidade. A visão percorre paisagens: cenários vivos que nos contam tão mais do que enxergamos neles. Distâncias podem ser melhor medidas por olhares que por quilômetros.

Ultimamente, estão aparecendo iniciativas, geralmente realizadas por financiamento coletivo, que tem São Paulo como tema, mas nenhuma delas é tão ampla e grandiosa como o projeto “ENTRELINHAS URBANAS SP – 96 bairros, 96 artistas”, que pretende juntar 96 artistas para represetar por meio de sua arte os 96 bairros da cidade.

faixa - ENTRELINHAS URBANAS: 96 bairros representados por 96 artistas!

Mariana Jorge, curadora do projeto, conta como aconteceu; “Há dois anos tivemos uma ideia que parecia boa demais pra nunca ter acontecido. Reunir em um único lugar TODA São Paulo através da arte. Resolvemos olhar de perto cada um 96 distritos da cidade. Mas nunca foi nossa intenção o olhar de fora, o olhar estrangeiro. Queremos explorar cada bairro através dos olhos de quem vive e convive com estes espaços. Convidamos Um artista de cada um dos 96 distritos de São Paulo para representar o lugar onde vive”.

O projeto ENTRELINHAS URBANAS SP – 96 bairros, 96 artistas veio para mostrar, além de nossa abrangência geográfica, a multiplicidade e talento de nossos artistas locais. Entrelinhas Urbanas que se entrelaçam através da multiplicidade de visões. O resultado de todo este apanhado é um livro de arte e uma exposição para celebrar o encontro destes 96 nomes da arte paulistana.

Assista o vídeo, conheça o projeto, veja que iniciativa genial!

Mariana acredita que “como toda grande iniciativa, a nossa acontecerá e terá sucesso se estivermos unidos em torno de um mesmo propósito, dispostos a partilhar nossa energia de participação, e converte-la em desenvolvimento cultural, valorização e conservação do patrimônio artístico de nossos bairros e de nossa imensa cidade. É por isso que contamos com a sua colaboração para tornar possível essa iniciativa.

Para viabilizar este projeto uma campanha de financiamento coletivo foi lançada para angariar apoiadores e, claro, em todos os 96 distritos da cidade. Ela diz ” Pra nós, o grande prêmio é ver a arte alcançando um número cada vez maior de pessoas”.

Para você, a recompensa é ter seu olhar transformado através da visão do outro, e de quebra, em em primeira mão, levar pra casa um lindo livro de arte com as versões físicas da imaginação de 96 sonhadores paulistanos. Outras recompensas para os apoiadores são posters e camisetas exclusivos  e, participando, seu nome estará registrado nesse projeto incrível!

O lançamento do livro e a Exposição acontecerão na Praça das Artes de 7 de Abril de 2017 a 18 de Junho de 2017 com abertura no dia 6 de Abril das 20h às 24h.

Gostou? Apoie, divulgue e faça parte desta rede.

O financiamento coletivo pode ser acessado aqui

96 bairros representados por 96 artistas! Veja um pedacinho de alguns trabalhos e conheça histórias e conexões.

zona sul - ENTRELINHAS URBANAS: 96 bairros representados por 96 artistas!
O Helder Holiveira, nosso representante de Marsilac, é um artista que encontra nos muros da cidade uma escuta para suas críticas e para a poesia que retrata em suas pinturas, buscando possibilidades de transformação, de alegria, construção viva e genuína da cidadania.
zona norte - ENTRELINHAS URBANAS: 96 bairros representados por 96 artistas!
Fernando de Jesus é um artista que não queria ser nada e acabou como nosso representante do Tremembé, Zona Norte da cidade de São Paulo. “Uma pessoa que sonha em ser só uma parte do todo e que se dedica a buscar a insignificância e a integração com a natureza”, essa é a auto definição que nosso rapaz tomou para si, por isso escolheu a arte como profissão.
zona leste - ENTRELINHAS URBANAS: 96 bairros representados por 96 artistas!
João Pinheiro é Ilustrador, artista visual, autor de histórias em quadrinhos e nosso representante do Cidade Líder, Zona Leste de São Paulo. O artista é detentor de uma longa produção e mantém uma relação estreita com a literatura e o cinema que se manifesta em obras como a graphic novel “Kerouac“, “O espelho de Machado de Assis”, etc. e o mais recente Carolina com Sirlene Barbosa. João Pinheiro já contribuiu com diversas revistas e jornais. Participou também da animação MALÁRIA dirigida por Edson Oda e premiada nacional e internacionalmente.
zona oeste - ENTRELINHAS URBANAS: 96 bairros representados por 96 artistas!
Mayra Lamy é artista visual e nossa representante do Raposo Tavares, Zona Oeste de São Paulo. Atualmente produz em seu próprio ateliê de forma independente. Suas obras já passaram pela Galeria Vicente Di Grado (FEABASP), Museu da Imigração Japonesa , Memorial da América Latina entre outros.
centro - ENTRELINHAS URBANAS: 96 bairros representados por 96 artistas!
Dulcineia Catadora é um coletivo e nosso representante da Sé, Centro da Cidade de São Paulo. Iniciado em fevereiro de 2007, pela artista Lúcia Rosa e Peterson Emboava, o Coletivo Dulcinéia Catadora confecciona livretos com capas de papelão, faz instalações, dá oficinas e realiza intervenções urbanas. O grupo valoriza o trabalho do catador, age em defesa da inclusão social e pretende desenvolver o potencial artístico e criativo de seus participantes.

DISTRITOS / ARTISTAS:

CENTRO

Barra funda  TEC | Coletivo Barra
Bela Vista  Rômolo D’Hipólito
Bom Retiro  Gleison Lins
Brás  Lucas Tonon
Consolação  Thiago Limón
Liberdade  Eduardo Sancinetti
Pari  Vapor 324
República  Mauricio Zuffo Kuhlmann
Santa Cecília  Ale Kalko
Sé  Dulcineia Catadora

ZONA NORTE

Casa Verde  Bruno Oliveira
Jaçanã  Andre Firmiano
Mandaqui  Leonardo Freschi
Santana  Ana K Brizzi ZN lovers
Tremembé  Fernando Jesus
Tucuruvi  Dona Jacira
Vila Guilherme  Limbo Season
Vila Maria  Matheus Ventura
Vila Medeiros  Nande

ZONA LESTE

Água Rasa  Heloisa Pajtak
Aricanduva  Nick Alive
Artur Alvim  Eduardo Ver
Belém  Marcio Spadaro
Cangaíba  Johnny Phoenix
Cidade Lider João Pinheiro
Cidade Tiradentes Erik Souza
Ermelino Matarazzo  Rodrigo Motta
Guaianazes  Toddy One
Iguatemi  Bruno Mota
Itaim Paulista  Xyrox
Itaquera  Renata Miwa
Jardim Helena  Toto Severo
José Bonifácio  Thasio Bertani
Lajeado  Iran Paulo
Moóca  Gustavo Gialuca
Parque do Carmo
Penha  Ju Violeta
Ponte Rasa  Rafael Ponte
Sapopemba  Sidnei Simon Otito
São Lucas  Felipe Oliveira
São Mateus  Guilherme Vieira
São Miguel  Atelie Azu | Leandro Araujo
São Rafael  Fernando Ferreira
Tatuapé  Cris Vector
Vila Curuça  Roger Tai
Vila Formosa  Alam Lima
Vila Matilde  Mariana Waechter
Vila Prudente  Andre Mogle

ZONA SUL

Cambuci  Vitché
Campo Belo  Pedro Von Haggen
Campo Grande  Pato Patológico
Campo Limpo  Frederico Felix
Capão Redondo  Fernanda Oliver
Cidade Ademar  Fabio Gava
Cidade Dutra  Thiago Ritual
Cursino  Marcelo Roncatti
Grajaú  Rodrigo  Kenan
Ipiranga  Oga Mendonça
Itaim Bibi  Douglas Theo
Jabaquara  Jana Joana
Jardim Ângela  Nave Mãe
Jardim Paulista Bárbara Malagoli
Jardim São Luis  Coletiva Audácia
Marsilac Afeto Na Lata
Moema  Henrique Edmx Montanari
Morumbi  Larissa Monteiro
Parelheiros  Shirley Rosa
Pedreira  Jessica Aquino
Sacomã  Mazola Rimoli
Santo Amaro  Tina Sallowicz
Saúde  Mente Privada
Socorro  Larice Barbosa
Vila Andrade  Bruna Lunardini
Vila Mariana  Flávio Grão
Vila Sônia  Renata Pedrosa

ZONA OESTE

Alto de Pinheiros  Ivy Miranda
Anhanguera  Guima
Brasilândia  Joks
Butantã  Bruno Calunga Maní
Cachoeirinha  Edu Rosa
Freguesia do Ó  Luiz Pardall
Jaguará  Rafael Shine Veiga
Jaguaré  Cami Belotti
Jaraguá  Ratones
Lapa  Ivo Muniz
Limão  Simone Sapienza Siss
Perdizes  Johnny Brito
Perus  Thiagoconsp
Pinheiros  Daniel Wu
Pirituba  Thais DAnjos
Raposo Tavares  Mayra Lamy
Rio Pequeno  Izu Grafite
São Domingos  Rafael Enoak Oak
Vila Leopoldina  Denis Araujo da Silva

Compartilhe!
Luciana Cotrim
the authorLuciana Cotrim
Paulistana até a alma, nasceu no Hospital Matarazzo, no coração de São Paulo. Passou parte da vida entre as festas da igreja Nossa Senhora Achiropita, os desfiles da Escola de Samba Vai-Vai e as baladas da 13 de maio no bairro da Bela Vista, para os mais íntimos, o Bixiga. Estudou no Sumaré, trabalhou na Berrini e hoje mora em Moema. Gosta de explorar a história e atualidades de São Paulo e escreveu um livro chamado “Ponte Estaiada – construção de sentidos para São Paulo” resultado de seu mestrado em Comunicação e Semiótica na PUC. É consultora em planejamento de comunicação e professora de pós-graduação no Senac.

11 Comentários

Deixe uma resposta