CURIOSIDADES

Pisada paulista: você sabe como surgiu o famoso símbolo das calçadas da cidade?

créditos: servicosgerais.tumblr.com (grupo Trinca)

O mosaico que ainda hoje decora as ruas da capital e virou até papel de parede no nosso site é de autoria da paulista Mirthes dos Santos Pinto. Nascida em Barretos, a artista trabalhava na Secretaria de Obras da Prefeitura de São Paulo, em 1966, quando soube do concurso promovido durante a gestão do prefeito Faria Lima (1965-69), com o objetivo de escolher um padrão de piso para a cidade, a exemplo das ondas de Copacabana. Mirthes ficou surpresa ao descobrir que seu trabalho estava entre os finalistas, já que havia um forte concorrente ao título: o desenho de grãos de café, que em sua visão era o grande favorito, pois se tratava tradicionalmente do maior símbolo local.

mirthes bernardes 1 - Pisada paulista: você sabe como surgiu o famoso símbolo das calçadas da cidade?
Mirthes Bernardes – Foto via Eduardo Anizelli/Folhapress

A escolha do vencedor foi feita democraticamente via votação popular, após a exibição dos desenhos dos quatro finalistas em ladrilhos da Av. Consolação. O projeto vitorioso, implementado primeiramente na Av. Faria Lima, depois na Av. Amaral Gurgel, e na mais famosa esquina de São Paulo, Av. Ipiranga com a Av. São João, ainda hoje pode ser visto em frente ao tradicional Bar Brahma. O padrão de ladrilhos passou a ser produzido por diversos fabricantes e começou a conquistar as calçadas de outras lojas e casas. Até o final da década de 70, ele já era a grande tendência na paisagem urbana e se tornaria um ícone da cidade, presente até os dias atuais na maior parte das ruas.

sp de gracap - Pisada paulista: você sabe como surgiu o famoso símbolo das calçadas da cidade?
Foto via timeout.com.br

Sua base é relativamente simples: quatro peças quadradas (a primeira branca, uma outra preta e as duas últimas brancas e pretas com uma divisão diagonal) que, repetidas em série, sugerem um padrão de repetição infinito. Fabricada em ladrilho hidráulico, a calçada é de fácil produção e instalação, e acabou afirmando-se como uma identidade paulistana. O mais interessante é perceber que ele deixou de ser só um piso e transformou-se em um padrão gráfico, que passou a ser aplicado nos mais diversos estilos, desde produtos até locais turísticos.

canecas - Pisada paulista: você sabe como surgiu o famoso símbolo das calçadas da cidade?
Canecas com a calçada de SP – www.projetosaopaulocity.com.br

Qual foi o local mais inesperado em que você notou esse símbolo paulista?

Créditos da foto: servicosgerais.tmblr.com (grupo Trinca)

Quer saber mais?

Entrevista com Mirthes Bernandes

– Crônica de um ícone paulista, por Chico Homem de Melo

Compartilhe!
Sabrina Sasaki
the authorSabrina Sasaki
Paulista de S. J. Campos, vive em São Paulo desde pequena. Descobriu sua loucura pela cidade e desde então tem orgulho em receber em seu QG da “corônia” japa na Liberdade os amigos que faz pela estrada. Formada em Relações Internacionais, hoje se considera uma urbana sem limites pra sonhar que adora compartilhar curiosidades paulistanas.

18 Comentários

Deixe uma resposta