GASTRONOMIA

Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?

Colette, Ratatuille, foto:playbuzz

Para quem não é um profissional do segmento de Alimentos e Bebidas, a rotina e as regras deste setor podem parecer bem estranhas.  Vamos começar com o chef, o temido e onipresente líder da equipe que leva muitos estagiários às lágrimas por qualquer motivo aparentemente simples.

74d8c3ea a7be 4979 8f72 deb56d948bf7 - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?
Colette, Ratatouille, foto:playbuzz

A gastronomia cria um verdadeiro paradoxo na nossa cultura, pois se a cozinha de casa até pouco tempo era um ambiente feminino, um feudo de panelas e frigideiras, seja por escolha, por imposição, ou por falta de opção, as cozinhas profissionais são locais extremamente masculinos onde a testosterona é praticamente um ingrediente a mais do cardápio.  Não faltavam famílias que diziam que cozinha era coisa exclusiva de mulheres e os poucos meninos que se aventuravam nas panelas não eram muito encorajados. Já na França, reduto e berço da gastronomia como conhecemos hoje, eram os meninos que começavam a aprender a profissão muito cedo, e aos 11 anos já começavam a disputar vagas de aprendiz nos restaurantes dos chefes estrelados. O resultado foi à difusão de um ambiente predominantemente masculino, onde a presença feminina é algo novo e teve que ser conquistado com muito berro e briga. Mas as mulheres, as chefes de cozinha, sommeliéres, baristas e chefes de bar que ganharam o seu espaço fazem e fizeram  a diferença na gastronomia da cidade e do país.

mulheres 1 - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?
foto: bolsademulher.com

Hoje as mulheres que conquistaram o seu espaço fazem a gastronomia girar, a chefe gaúcha, radicada no Rio de Janeiro, Roberta Sudbrack, ganhou notoriedade no Brasil e no mundo ao comandar a cozinha do Palácio do Planalto durante o governo FHC e fazer parte do clube Chef de Chefs, os chefes de cozinha que cozinham para chefes de estado, recebendo e preparando grandes banquetes para reis rainhas e diversas autoridades. Em São Paulo não faltam exemplos de criatividade e talento feminino tanto no ramo administrativo como no comando dos fogões.

Chieko Aoki - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?
foto: napratica.org

Chieko Aoki é um grande exemplo de liderança e empreendedorismo. A executiva do ramo de hotelaria é conhecida por sua rigidez nas negociações bem como por sua aparência sempre impecável nas reuniões. Foi eleita em 2013 como a segunda mulher de negócios mais importante do Brasil, e preside a Rede Blue Tree Hoteis além da rede Noah de Gastronomia.

mulheres2 1 - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?

Ana Luiza Trajano, a conhecida pela extensa pesquisa sobre a gastronomia brasileira, os ingredientes locais e as receitas regionais. Paulista da cidade de Franca, a chefe instalou o seu restaurante, o Brasil a Gosto, no Bairro dos Jardins, se tornou uma referência na cidade e figura como uma liderança dos negócios da gastronomia.

mani superchefs 1 - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?
foto: superchefs.com

Helena Rizzo, eleita a melhor chefe mulher do mundo em 2014, comanda o Restaunte Mani, a Padaria do Mani e o espaço de eventos Manioca. Sua eleição foi feita pela revista Inglesa “The Restaurant”, que classificou a chefe como talentosa e como um exemplo de cozinha feita com inovação e alma.

mulheres3 1 - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?
foto: comidasebebidas.uol

Daniela Bravin, uma das poucas, mas com certeza a mais conhecida sommeliére da cidade de São Paulo, tem seu estilo moderno e descolado que pode impactar quem pensa no vinho sempre como algo totalmente formal e clássico. Mas a capacidade da Sommeliére de encontrar o vinho ideal para o momento certo impressiona, e nos faz querer sempre mais.

campeã - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?
foto: isabelaraposeiras.blogspot

Isabela Raposeiras, um dos principais nomes do café no Brasil, é a Barista mais premiada do país e comanda, na região da Vila Madalena, o Coffe lab. O atelier de cafés, onde testa novos blends, fez dela pioneira no segmento, trazendo a bebida ao lugar de destaque que conhecemos hoje. Isabela assina várias cartas de cafés em casas de São Paulo e do Brasil.

mulheres4 1 - Em São Paulo, Lugar de Mulher é na cozinha?
foto: comidasebebidas.uol

Julice Vaz, padeira e empresária, comanda a Padaria Boutique Julice, no Alto de Pinheiros, que recentemente abriu uma unidade no shopping Villa Lobos e planeja uma expansão lenta e decidida. Ela traz em seu espaço o melhor da panificação francesa, com suas regras rígidas para o preparo dos pães, bem como a atenção a cada detalhe na apresentação de seus produtos, o que faz uma visita a sua loja um verdadeiro passeio gastronômico.

Compartilhe!
Fabrizio Naturalli
Formado em panificação e confeitaria, trabalhei como confeiteiro em navios de cruzeiro por 4 anos. Conheci o mundo e vi que o mundo está em São Paulo. Voltei a capital, fiz uma pós em gestão de de negócios da gastronomia e atualmente concluo a pós em gestão de pessoas. Sou apaixonado pela cidade e tudo o que ela oferece.Fabrizio também é dono da página Gastronomia do seu jeito.

Deixe uma resposta