DICASLUGARES SECRETOS

5 lugares provam que São Paulo tem lugar para todo mundo

Das sessões de cinema especiais para ir com bebês até passeios à cavalo, São Paulo prova mais uma vez que aqui tem lugar para todo mundo.

Confira 5 lugares com atividades e atrações bem diferentes para se fazer por aqui – sem precisar pegar a estrada e ir para o interior ou litoral.

1. Vá ao cinema com seu bebê

gravidez sessao cinematerna - 5 lugares provam que São Paulo tem lugar para todo mundo
CineMaterna | Divulgação

Pais com bebês de colo (até 18 meses) podem encontrar mais conforto na hora de ir ao cinema.

Com salas preparadas com som, luz e espaços pensados para receber os bebês, o projeto CineMaterna tem como objetivo estimular que os pais tenham atividades sociais e culturais mesmo quando os filhos ainda são pequenininhos. E a melhor parte é que o projeto não acontece em um único cinema – por meio da parceria com grandes redes, é possível encontrar sessões do CineMaterna em diversos lugares.

Os filmes exibidos variam desde filmes infantis até filmes com temas adultos – mas sempre pensando no bem estar e conforto dos pais e dos bebês.

2. Conheça um lugar assombrado

hountedtour - 5 lugares provam que São Paulo tem lugar para todo mundo
HountedTour | Divulgação

Se você gosta de sentir aquele frio na espinha, o que não falta em São Paulo são lugares ditos “assombrados”, seja por uma história trágica do passado ou por relatos populares.

E se você não conhece todos ou não quer ir sozinho, várias agências de turismo promovem passeios guiados pelos principais pontos assombrados da cidade.

O melhor desses tours é que além das histórias de terror, eles trazem também muitas histórias e fatos curiosos sobre São Paulo.

Conheça também algumas lendas urbanas de São Paulo, como a do Edifício Joelma, Casa da Dona Yaya, Capela dos Aflitos e Castelinho da Rua Apa.

3. Junte-se a outras tribos

tribo - 5 lugares provam que São Paulo tem lugar para todo mundo
Tribo Tenondê Porã | Divulgação

Não, Oscar Niemeyer não projetou a única OCA de São Paulo.

Nossa cidade ainda conserva aldeias de índios em áreas de preservação, algumas delas abertas para visitas: a Jaraguá, no pico de mesmo nome a Krukutu e a Tenondê Porã em Parelheiros – todas formadas por índios guarani mbya

Mesmo não morando necessariamente em ocas hoje em dia, esses índios guardam muito da história da formação da nossa cidade – que cresceu em volta do Pátio do Colégio, construído para ensinar o catecismo e a língua portuguesa aos índios que aqui viviam.

4. Seja o caipira da cidade

335725 469d3219c2a14c3d85f7db7d90d83ed2 - 5 lugares provam que São Paulo tem lugar para todo mundo
Passeio do Recanto dos Cavaleiros | Divulgação

Se você tem vontade ou curiosidade de fazer um passeio à cavalo, saiba que não é preciso sair de São Paulo – sim, da cidade!

No Recanto dos Cavaleiros, localizado na zona sul, você pode aprender a montar – com aulas em português e alemão, participar de provas hípicas, cavalgadas e romarias.

Mas se ainda assim você quiser fazer um passeio pelo interior, é possível visitar a filial Haras Recanto, na cidade de Fartura, 350km de São Paulo – que além de oferecer passeios, também serve como lugar de “repouso” para animais de férias, aposentados ou em gestação.

5. Aproveite a “praia” de Guarapiranga

windsurf - 5 lugares provam que São Paulo tem lugar para todo mundo
Windsurf na Represa de Guarapiranga | Prefeitura de São Paulo

Passeio de barco, aluguel de lanchas, stand up paddle e windsurfe são algumas das possibilidade de se aproveitar a Represa de Guarapiranga em diferentes estações do ano.

Com dezenas de clubes e escolas de esportes náuticos, além de parques e marinas particulares, a represa possui 28 quilômetros de margem, onde a Cetesb faz medições semanais da qualidade da água em treze pontos para indicar quais estão próprios para banho.

E ainda tem a vantagem da distância – a 25km do centro da cidade, é como fazer um bate e volta na praia, só que bem mais perto 😉

Compartilhe!
Julianne Bisognini
Profissional de quase todos os Marketings já inventados, fui conquistada pelo digital. Nele e em tudo que faço, busco sempre contar uma história. A maioria delas são presentes que São Paulo me deu, por isso em troca escrevo para mostrar que nessa cidade tem coisas boas pra todo mundo. Publico aqui o resultado das descobertas mais interessantes, já as outras histórias estão no meu blog pessoal:

3 Comentários

Deixe uma resposta