CULTURALUGARES SECRETOS

Hortas Urbanas em São Paulo

Em meio a todo o trânsito e correria de São Paulo, é impossível não notar os pedacinhos de verde que nos são trazidos pelas hortas urbanas em algumas praças da cidade.

Os aromas, a sombra, as cores, que nos encantam nestes lugares, vêm ganhando força e espaço nos últimos anos.

As hortas urbanas são comunitárias e estão nas praças, vias, parques e nos trazem alimentos sem agrotóxicos, são em geral orgânicas e proporcionam excelentes alimentos.

Elas também filtram as águas de chuva, melhoram a qualidade do ar e também nos auxiliam com o descarte de matéria orgânica, pois usamos os resíduos como adubo. Além disso, criamos espaços para animais urbanos, como pássaros e abelhas que são belos e fundamentais para o equilíbrio da fauna e flora das cidades.

Alguns benefícios das hortas urbanas e comunitárias:

  • Melhoria da qualidade de vida
  • Melhoria da vida em sociedade
  • Interação com o ambiente
  • Comida nutritiva
  • Terapia
  • Proteção de recursos naturais

Elas também são ótimas contribuintes para a melhoria do sentimento do patrimônio público, há diversos estudos que relatam a melhoria nos índices de violência e criminalidade nas comunidades que possuem hortas comunitárias. Com as hortas, renovamos nosso senso de comunidade, de vizinhança, sentimentos que acabamos deixando de lado com a correria do dia a dia. Sem contar a beleza que trazemos aos locais onde implantamos as hortas.

As hortas são intervenções sociais e só funcionam se todos trabalharem juntos, cada indivíduo contribui à sua maneira, não é preciso ser especialista, mas é necessário dedicação.

Para a criação de hortas comunitárias, em geral a prefeitura cede um espaço público para a associação do bairro, em regime de comodato, ou seja, é preciso criar e manter em funcionamento, ou a prefeitura pode requerer o espaço de volta. É comum que as pessoas que cuidam da horta fiquem com parte da produção e o excedente seja comercializado em feirinhas abertas ao público.

São Paulo tem excelentes hortas urbanas, como a Horta do Ciclista, das Corujas e da Vila Pompéia, saiba mais sobre elas nas próximas linhas.

horta ciclista - Hortas Urbanas em São Paulo
Foto do site: seedsofgarden.wordpress.com

Horta do Ciclista – Ela existe desde 2012 e foi pensada com os fundamentos definidos pelos ciclistas, que além de não poluírem o ar em seus deslocamentos, produzem alimento, usando um espaço público. Fica na praça do Ciclista, em plena Avenida Paulista. Em todos os primeiros domingos do mês, todos podemos plantar as 12h00. Leve mudas de hortaliças, composto orgânico e pá.

Serviço:

Canteiro central da Avenida Paulista, na cidade de São Paulo, situado entre as ruas Bela Cintra e Consolação.

horta das corujas 04 - Hortas Urbanas em São Paulo
Foto do site: hortadascorujas.wordpress.com

Horta das Corujas – Fica na Vila Madalena, os moradores foram se apropriando de um espaço cedido pela prefeitura, ninguém é especialista, mas todos se ajudam e aprendem juntos sobre o cultivo de temperos, hortaliças, verduras e legumes.

A ideia principal é o contato com a terra, há também nesta praça, uma composteira, a praça é um espaço de convivência.

Serviço:

Av. das Corujas, 39 – Sumarezinho/SP

hortapronta - Hortas Urbanas em São Paulo
Foto do site: blog.institutobrookfield.org.br

Vila Pompéia – É uma horta comunitária constituída em um antigo terreno abandonado, há encontros aos domingos as 11:00, após o café da manhã comunitário, onde cada um leva algo. Neste dia, há um bate papo informal sobre os cuidados com a horta.

Serviço:

Rua Francisco Bayardo, perto da Av. Pompeia

Gostou da ideia? Quer uma horta em seu bairro? Verifique se há um espaço disponível e converse com a associação do seu bairro. Juntos vocês podem ter ter todos esses benefícios!

Compartilhe!
Redação SP City
Um projeto que tem a cara de São Paulo :)

Deixe uma resposta