RAPIDINHAS

Roteiro de arte urbana de São Paulo

Se alguém disser que andou por São Paulo e não se pegou prestando atenção na arte urbana da cidade, pode ter certeza, ela não esteve lá. A cada esquina é possível encontrar diversos graffites, que representam simples desenhos que estão ali simplesmente para tornar a paisagem mais bonita ou críticas fortíssimas sobre corrupção, violência e todos os outros problemas enfrentados pela população. A cidade parece ter sido criada para apresentar um roteiro de arte urbana ao Brasil.

Tudo isso começou no início dos anos 80, quando as pichações ilegais deram lugar à arte de artistas renomados e pessoas desconhecidas que tem apenas vontade de se expressar através de cores. Algumas são imortalizadas, quando transformadas em quadros e colocadas em galerias. Outras se contentam com o curto período de vida no olhar de quem passa, durante o cotidiano corrido. Que tal conhecer alguns dos autores dessas obras?

binhone - Roteiro de arte urbana de São Paulo
Floresta Urbana / Binho Ribeiro – Foto via intervencaourbanaribeirao

Praça Paulo Kobayashi
Surrealista com cores fortes e variadas. Todas suas obras tem um ponto em comum, o universo lúdico, que nos remetem à infância. Com obras espalhadas pela Argentina, Japão, Estados Unidos, França, foi em São Paulo que ele conquistou o coração dos brasileiros. Sua principal arte se encontra na Praça Paulo Kobayashi e a Câmara Municipal de São Paulo. O local possui diversas obras de artistas variados, das quais a obra de Binho Ribeiro se destaca.
Conheça mais o trabalho do artista por meio na página https://www.flickr.com/photos/binhone/.

Avenida 23 de Maio
A avenida recebeu um presente de um grupo de sete grafiteiros no aniversario de São Paulo em 2009. Entrando para o roteiro de arte urbana, os muros que cercam o local com um painel de quase mil metros quadrados com uma incrível precisão em técnicas de grafite. Próximo ao Viaduto Tutóia está uma cena de fatos cotidianos, chamado de “Muro das Memórias”. Participaram do projeto os artistas Osgemeos, Nina Pandolfo, Nunca, Finok e Zefix 8, liderados por Kobra.

Sao Paulo grafite 23 de Maio - Roteiro de arte urbana de São Paulo

Museu Aberto de Arte Urbana
O metrô da Avenida Cruzeiro do Sul foi transformado por mais de 50 artistas que contribuíram para um dos mais belos museus a céu aberto já vistos. Repletas de arte urbana, as trinta e três colunas que sustentam o metrô receberam criatividade, amor pela cidade e muita tinta. Esta é uma iniciativa para tornar as ruas de uma cidade grande, cheias de gente que não tem tempo para nada, um lugar mais agradável. A ideia é refazer as artes de tempos em tempos, para renovar ainda mais o ar do local. O projeto foi uma iniciativa dos artistas Chivitz e Binho Ribeiro (já citado anteriormente).

Compartilhe!
Redação SP City
Um projeto que tem a cara de São Paulo :)

21 Comentários

Deixe uma resposta