RAPIDINHAS

SP Sunset Memorial, balada vespertina no aniversário da cidade

Primeira edição será realizada no dia do aniversário de São Paulo, 25/01, das 16h às 22h no Memorial da América Latina. A entrada é gratuita, mas é preciso se cadastrar e aguardar pela confirmação do nome na lista de convidados.

A partir deste mês, quem quiser curtir uma balada que começa ainda durante o dia, ouvir música latinoamericana de qualidade, dançar e ainda voltar para casa antes da madrugada (e de metrô) já tem destino certo: a SP Sunset Memorial, na Praça das Sombras, Memorial da América Latina. A casa da nova festa mensal e descolada da capital é de fácil acesso por transporte público, já que tem ponto de ônibus pertinho e está a menos de cinco minutos da estação Palmeiras-Barra Funda de metrô e trem, de bike (tem ciclovia no canteiro central da Av. Auro Soares de Moura Andrade e bicicletário ao lado do portão 9), e também tem estacionamento (pago) para quem for de carro.

sunset2 500x334 - SP Sunset Memorial, balada vespertina no aniversário da cidade
SP Sunset na USP em 2014 – Foto: Juliana Knobel

A entrada é gratuita, porém é preciso curtir a página da SP Sunset no Facebook (facebook.com/spsunset), enviar uma mensagem inbox com nome e e-mail e aguardar um e-mail de confirmação da organização do evento – vale ressaltar que somente este e-mail dá acesso à festa. Haverá uma hostess com a lista de convidados na entrada da SP Sunset, portanto não é necessário imprimir o e-mail enviado, basta se identificar. O nome permanecerá na lista até às 18h, após esse horário a entrada será liberada de acordo com a capacidade do local.

Idealizada por Márcio Carneiro, fundador da ArtShine, e Marcos Guzman, produtor de eventos de música independente e curador musical do projeto, a SP Sunset tem como foco a cultura, a música e a gastronomia brasileira e latinoamericana contemporâneas. “O Memorial está vivendo um vibrante período de renovação e requalificação de seus espaços, e a SP Sunset, vai ao encontro desse movimento”, destaca Guzman.

Tahira Carol Mali Pita Uchoa 5 crédito Juliana Knobel 500x511 - SP Sunset Memorial, balada vespertina no aniversário da cidade
Tahira, Carol Mali, Pita Uchoa 5 – Foto: Juliana Knobel

O som que vai embalar a edição de homenagem aos 462 anos de São Paulo é um recorte atual da música latina contemporânea dançante, além de novos estilos como a chicha e a cumbia digital que se misturam com o eletrônico. O DJ residente Tahira, um dos primeiros a pesquisar e tocar nas pistas esses novos ritmos latinos (em SP), como a cumbia digital, será o responsável por abrir a balada e colocar todo mundo para dançar.

Para Tahira, esta é uma oportunidade de valorização do nosso continente. “No que se refere à música latina, a América do Sul está tendo uma produção bem interessante, com artistas que já alcançaram projeção no exterior como o Dengue Dengue Dengue, Sistema Solar e Chico Correa. Mas nós ainda nos voltamos muito para a americanização e eurocentrismo. E não estou dizendo que uma coisa é melhor que a outra, apenas que precisamos saber o que acontece aqui e nos países vizinhos. Para o DJ, outro ponto de destaque é o local onde a festa será realizada. “É muito importante esse evento musical com foco latinoamericano acontecer no Memorial da América Latina, epicentro cultural de São Paulo, com o antigo (história) e o moderno lado a lado.

sunset3 500x334 - SP Sunset Memorial, balada vespertina no aniversário da cidade
SP Sunset na USP em 2014 – Foto: Juliana Knobel

E tem mais:  Pita Uchôa e Carol Malinowski, idealizadores da festa itinerante Calefação Tropicaos, também são DJ’s residente da SP Sunset. Pernambucano de Recife, Pita, que está há quase uma década em São Paulo, encantou-se com os neons, arte urbana e vida noturna, e promove há sete anos eventos que repensam a ocupação de espaços públicos, economia criativa e a normatização da diversão. Seu coletivo já trouxe ao Brasil a dupla peruana Dengue Dengue Dengue, além de ter promovido apresentações de outros artistas da música contemporânea brasileira como os pernambucanos do Mundo Livre S/A e a Banda de Pífanos Zé do Estado. Na SP Sunset o casal promete coco, maxixe, música psicodélica nacional, além da cumbia e outros ritmos latinos.  Não dá para ficar parado.

Então  anote na agenda: às 16 horas, tem Calefação Tropicaos, e a partir das 19h, o DJ Tahira.

Comida e bebida – E como a gastronomia é um dos pilares da SP Sunset, na edição de estreia do evento, o público poderá saborear o mais famoso quitute baiano no Tabuleiro do Acarajé, de Fátima de Castro, e apreciar o cardápio do chef Checho Gonzales, da Comedoria Gonzales, elaborado especialmente para a ocasião com a releitura de pratos da culinária latina. Todas as opções a partir de R$15,00.

Um bar com cervejas e drinks elaborados por uma equipe de barmen também farão parte da área de gastronomia da SP Sunset.

Serviço
SP Sunset – entrada gratuita
Data: 25 de janeiro
Horário: das 16h às 22h
Local: Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664  – Barra Funda
Estacionamento: Portão 15 (pago)
Bicicletário: ao lado do portão 9
FB: (facebook.com/spsunset)

Compartilhe!
Miguel Garcia
the authorMiguel Garcia
Miguel Garcia é idealizador e coordenador de conteúdo do projeto. Publicitário, viajante, adora provar todos os tipos de comida, vinhos e cervejas e tem uma vontade imensa de fazer todos se orgulharem cada vez mais de viver em SP.

6 Comentários

Deixe uma resposta