RAPIDINHAS

Grupo Esparrama comemora dois anos de teatro na janela!

Com o famoso teatro na janela, o Esparrama recebeu importantes prêmios de teatro, reuniu milhares de pessoas no Minhocão e ganhou notoriedade. Agora, contemplado pelo Prêmio Zé Renato, o grupo realiza uma temporada especial de aniversário, ampliando sua ocupação do Minhocão e inaugurando suas apresentações aos sábados! A cada final de semana, apresenta seus dois espetáculos criados especialmente para esse espaço: Esparrama pela Janela e Minhoca na Cabeça, e convida o público para ocupar o Minhocão também aos sábados!

940A0392 500x333 - Grupo Esparrama comemora dois anos de teatro na janela!

DOIS ANOS DE ARTE NA JANELA

No dia 17 de novembro de 2013, o Grupo Esparrama abria pela primeira vez a sua janela, e estreava o seu espetáculo, criado especialmente para esse espaço. Com uma intervenção cênica realizada na janela de um apartamento em frente ao Minhocão, o grupo convidava o público passante para se aproximar e assistir a um inusitado espetáculo, a cerca de dez metros de distância, se acomodando nesse viaduto, que aos domingos é fechado para os carros e aberto para que a população ocupe de diversas formas. Nesse dia estreava o espetáculo Esparrama pela Janela, com a idéia inicial de surpreender o público passante e frequentador do Minhocão, com pílulas de arte e bom humor, ressignificando esse espaço público, transformando-o em um local de convívio com a arte.

Com cerca de trinta pessoas na platéia o espetáculo foi apresentado pela primeira vez e iniciou uma jornada de apresentações de forma independente, permitindo ao grupo experimentar essa nova possibilidade do fazer teatral. Ao longo das apresentações, pessoas de outros bairros e até outras cidades foram se aproximando, e engrossando o coro, fazendo com que essa ocupação se tornasse mais forte e mais potente. Atraindo os olhares da crítica especializada, da imprensa nacional, internacional e da população, o Grupo Esparrama ganhou notoriedade com o seu projeto na janela, e, ainda com o projeto sendo realizado de forma independente, foi contemplado com importantes prêmios do teatro.

940A0738 500x333 - Grupo Esparrama comemora dois anos de teatro na janela!

O projeto começou com seis linguagens artísticas diferentes sendo apresentadas. Com a ação Esparrama Amigos pela Janela, alguns parceiros foram convidados para lançarem novos olhares e perspectivas sobre a mesma janela, explorando outras linguagens. Já na estreia, a ação reuniu cerca de 150 pessoas, que mesmo embaixo de uma forte chuva, permaneceram no Elevado e assistiram ao primeiro grupo convidado, a Cia. Noz de Teatro, Dança e Animação (teatro de animação e de bonecos). A temporada foi seguida pelo Grupo Zumb.boys (dança), Sissy Eiko (fotografia), Ronaldo Aguiar (circo), Ester Freire (música) e Raul Zito (artes plásticas), cada um com sua intervenção específica, criada para a janela do Esparrama. Esta ação ainda articulou os Ciclos de Conversas no Minhocão entre os ‘amigos’ convidados e o público, com um bate-papo sobre a relação entre Arte e Cidade.

O projeto seguiu ainda com uma pequena temporada do espetáculo Esparrama pela Janela e culminou na criação de um novo espetáculo, chamado Minhoca na Cabeça, que extrapolou os limites da janela e literalmente ocupou o Minhocão, chegando a reunir 1200 pessoas em uma única apresentação. Para esse espetáculo o grupo contou com os atores convidados Gabi Zanola e Renato Ribeiro, integrantes da Trupe DuNavô, e Vinicius Ramos.

940A2844 500x333 - Grupo Esparrama comemora dois anos de teatro na janela!

UMA JANELA COM VISTA PARA A CIDADE

Segundo o diretor Iarlei Rangel, “o Grupo Esparrama metaforicamente quis inverter a função da janela. Ao olhar para ela o público não está numa posição de voyer, espiando para o mundo privado de um apartamento. Pelo contrário pretendemos que ao olhar para ela, o público enxergue um recorte da Cidade.”

Por estar em um local privilegiado para poder ver diversos aspectos do crescimento desordenado e absurdo da cidade, a janela que fica em frente ao Elevado Costa e Silva, exatamente no centro da cidade, permitiu ao grupo criar uma fábula que faz uma reflexão divertida, mas bastante crítica, da relação que estabelecemos com uma cidade que nos assusta. A desumanização das relações, a violência, a identidade de gênero, a especulação imobiliária e a utopia são alguns dos assuntos tratados pelo espetáculo.

940A2998 500x333 - Grupo Esparrama comemora dois anos de teatro na janela!

No espetáculo Minhoca na Cabeça uma menina que chegou do interior para morar na capital vive a contradição do medo e da vontade de sair para conhecer a rua. No decorrer da peça ela encontra amigos, enfrenta estes medos e ergue um navio fantástico para desbravar a CIDADE. Na cena final temos a Menina na proa de um barco, empunhando um timão, olhando para o horizonte e gritando: NAVEGAR!

Este é um segundo espetáculo – o primeiro foi Esparrama pela Janela – do projeto de uma trilogia que se concluirá em 2017 e que quer investigar a relação entre o público e o privado na construção de uma cidade mais justa.

Foto Erick Godoy 500x249 - Grupo Esparrama comemora dois anos de teatro na janela!

UM ESPETÁCULO ADULTO OU INFANTIL?

O Grupo Esparrama desenvolve uma pesquisa do universo cômico tendo como principal instrumento o jogo do palhaço. Isto permite um diálogo verdadeiro com todas as idades e todas as camadas sociais. Por este motivo que passamos a utilizar a classificação de teatro para todas as idades, mas, também, porque dentro da encenação criamos “espaços” de diálogo com a infância. Isto permite que os nossos espetáculos tratem de assuntos que geralmente são vinculados ao universo adulto, como a especulação imobiliária, de uma forma que a criança também fique interessada.

O exemplo mais objetivo de que o espetáculo tem uma classificação realmente livre, ou seja, que o adulto se interessa em assistir independentemente de estar acompanhado de uma criança, é que cerca de 50% do público das apresentações é de adultos sozinhos ou acompanhados de outros adultos. Para o grupo não interessa o julgamento de valor entre o teatro infantil ou adulto, este dado só é relevante do ponto de vista da versatilidade do projeto já que, por se tratar de um “espetáculo de rua” ele deve estar aberto à multiplicidade de públicos.

Foto Sissy Eiko 500x333 - Grupo Esparrama comemora dois anos de teatro na janela!

PARA ROTEIRO – TEMPORADA DE ANIVERSÁRIO – GRUPO ESPARRAMA

SÁBADOS – ESPARRAMA PELA JANELA

Um morador de um dos prédios do Minhocão, cansado de tanto barulho da cidade, resolve transformar o caos que entra pela sua janela em música, a partir desta subversão se estabelece um universo mágico protagonizado por personagens fantásticos: amenina/princesa que mora num prédio/castelo; o palhaço que dá vida ao casaco de sua amada; o seresteiro gigante; o esportista dançarino, as fofoqueiras da janela e até mesmo uma família de monstros. Por meio de muita risada e poesia essa turma mostra outras possibilidades de enxergar o caos da cidade.

DOMINGOS – MINHOCA NA CABEÇA

Menina está de mudança! Ela saiu de uma cidade pequena, com muito espaço, e chegou numa cidade gigantesca, onde não cabe quase nada. Nos bairros não cabem praças, nas praças não cabem árvores, nas árvores não cabem crianças. O único lugar em que parece caber algo, é na sua própria cabeça. Cabem suas brincadeiras, suas invenções, suas birras e seus sonhos. Tem até um espaço para o medo da cidade. E foi nesse espacinho que uma minhoca veio fazer morada.

Não demorou e a minhoca folgada começou a ocupar muito espaço. Mas, para a sorte da Menina, seus atrapalhados amigos Haroldo e Heraldo aparecerão para ensinar novas formas fantásticas de ver essa cidade maluca e navegar por ela. Para acompanhá-los a Menina terá de enfrentará seus medos e decidir o que fará com a minhoca na sua cabeça.

Temporada:Sábados de 07 de novembro a 12 de dezembro
Domingos de 01 de novembro a 13 de dezembro
Horário: 16H30 – Recomendação: Livre – Ingressos: Grátis
Local: Minhocão (Elevado Costa e Silva) entre o Metrô Santa Cecília e a Rua da Consolação
Acesso do público: Pelas alças de acesso do Minhocão no Metrô Santa Cecília ou da Rua da Consolação. Nestes pontos haverá sinalizações indicando o local da apresentação.

No caso de chuva, o espetáculo não acontece.

Compartilhe!
Miguel Garcia
the authorMiguel Garcia
Miguel Garcia é idealizador e coordenador de conteúdo do projeto. Publicitário, viajante, adora provar todos os tipos de comida, vinhos e cervejas e tem uma vontade imensa de fazer todos se orgulharem cada vez mais de viver em SP.

Deixe uma resposta