RAPIDINHAS

Vem aí a JORNADA DO PATRIMÔNIO 2018. Imperdível!

“Uma Cidade, Muitas Mãos” é o tema desta edição que acontece nos dias 18 e 19 de agosto em todas as regiões da cidade

CARTAZ AMARELO 724x1024 - Vem aí a JORNADA DO PATRIMÔNIO 2018. Imperdível!

Serão trezentas atividades gratuitas espalhadas pela cidade no próximo final de semana!

Para valorizar os diversos grupos que construíram o patrimônio cultural da cidade e ajudaram na formação da identidade paulistana, a Secretaria Municipal de Cultura promove, nos dias 18 e 19 de agosto, a Jornada do Patrimônio com o tema  “Uma Cidade, Muitas Mãos”.

“Nesta edição, vamos organizar a programação por região da cidade, remetendo aos grupos de pessoas como nordestinos, alemães, italianos, japoneses, árabes, portugueses e muitos outros imigrantes. Esta colaboração plural está presente na arquitetura, na gastronomia, no comércio e nos costumes do dia a dia da capital paulista, que podem ser conferidos durante o evento”, destaca André Sturm, Secretário Municipal de Cultura.

A Jornada do Patrimônio tem uma programação gratuita e diversificada com o objetivo de aproximar a população dos espaços históricos ou com valor afetivo que fazem parte da história da cidade. Ao todo, serão realizadas 300 atividades, distribuídas em roteiros, palestras, oficinas, visitação a imóveis, visitas guiadas e lançamentos de livros. Veja aqui: programação Jornada do Patrimônio 2018.

E como no ano passado, estaremos lá novamente com a palestra da Série Avenida Paulista.

jornada 2018 com logo 1024x580 - Vem aí a JORNADA DO PATRIMÔNIO 2018. Imperdível!

Inaugurada em 1891, a Avenida Paulista faz parte da identidade de São Paulo. A palestra trata das diversas gerações que habitaram a avenida. Muito além dos barões do café, a primeira geração de moradores, contou com muitos imigrantes europeus: italianos, portugueses, franceses, alemães, etc., que se tornaram empresários, responsáveis por melhorias na região. A segunda geração, depois de 1930, foi composta pelos sírio-libaneses, que trouxeram outras benesses ao local. A partir de 1950, apareceram os edifícios residenciais de arquitetura moderna. Em seguida, os edifícios empresariais, abrindo caminho para a atual Paulista, que se consolida como a avenida da cultura e da diversidade.

Palestra – Avenida Paulista: gerações de imigrantes iniciaram sua diversidade

Data: Sábado, 18 de agosto às 14:30 – 15:30

Local: Centro Cultural São Paulo – CCSP

Endereço: Rua Vergueiro, 1000,  Paraíso.

Evento Gratuito

Inscreva-se aqui

Compartilhe!
Luciana Cotrim
the authorLuciana Cotrim
Paulistana até a alma, nasceu no Hospital Matarazzo, no coração de São Paulo. Passou parte da vida entre as festas da igreja Nossa Senhora Achiropita, os desfiles da Escola de Samba Vai-Vai e as baladas da 13 de maio no bairro da Bela Vista, para os mais íntimos, o Bixiga. Estudou no Sumaré, trabalhou na Berrini e hoje mora em Moema. Gosta de explorar a história e atualidades de São Paulo e escreveu um livro chamado “Ponte Estaiada – construção de sentidos para São Paulo” resultado de seu mestrado em Comunicação e Semiótica na PUC. É consultora em planejamento de comunicação e professora de pós-graduação no Senac.

Deixe uma resposta