6 Pontos Históricos de São Paulo

6 Pontos Históricos de São Paulo

Conheça um pouco da história de São Paulo visitando alguns pontos turísticos do centro da cidade, começando o dia com um bom café no tradicional Café Girondino, um ambiente de fazer inveja a muitos cafés charmosos de países da Europa. Fica em frente ao Mosteiro de São Bento.

pt.wikipedia.org - 6 Pontos Históricos de São Paulo

Mosteiro de São Bento – Foto: pt.wikipedia.org

1- Mosteiro de São Bento

O Mosteiro de São Bento é parada garantida para quem visita a capital paulista. Os beneditinos chegaram em São Paulo em 1598, mas somente em 1634 foi criada a Abadia e a capela foi dedicada a São Bento. Abriga hoje, além da igreja (Basílica de Nossa Senhora da Assunção), o mosteiro com cerca de 40 monges enclausurados que seguem a tradição do ora et labora (“ora e trabalha”), somado, no caso dos monges paulistanos, ao et legere (“e leia”), em especial as Sagradas Escrituras. O estabelecimento ainda possui um teatro, no qual são realizados concertos musicais e eventos em geral. Já o colégio oferece cursos e oficinas em alguns dias da semana. Outra grande atração é a lojinha, com pães, bolos, doces, biscoitos e geléias feitas pelos próprios monges e cujas receitas são seculares, guardadas no arquivo da abadia. A forma de preparar os quitutes só é transmitida a um outro monge para não se perder a qualidade com a massificação. Um dos mais procurados é o Pão São Bento, feito de mandioquinha, que custa R$ 18 e serve várias pessoas. Ainda entre os preferidos o chamado Benedictus, um pão de mel recheado com geleia de morango, e o Dominus, pão integral que tem entre os seus ingredientes açúcar mascavo, aveia e azeite. A lojinha ainda vende livros, figuras sacras e a tradicional medalha de São Bento.

Horário de funcionamento: segunda, terça, quarta e sexta-feira, das 6h as 18h. Sábado e domingo, das 6h às 12h e 16h às 18h. Quinta-feira a igreja fecha às 8h e reabre às 11h30.

telehelp.com .br - 6 Pontos Históricos de São Paulo

Pátio do Colégio – Foto: telehelp.com.br

2- Pátio do Colégio

O Pátio do Colégio foi o local onde São Paulo nasceu, a partir da construção de uma pequena cabana de pau a pique onde se reuniam 13 jesuítas, entre eles José de Anchieta e o Padre Manoel da Nóbrega que estavam empenhados em catequizar os nativos. Na época localizava-se no alto de uma colina e cercado dos rios Tamanduateí e Anhangabaú, chamado de Vila São Paulo de Piratininga, era uma opção estratégica de segurança. A cerimônia oficial da fundação da cidade  e a conversão do apóstolo Paulo ocorreu no dia 25 de janeiro de 1554, o que originou o nome da capital. Hoje o complexo abriga atividades culturais e um museu composto por sete salas, que expõe coleções de arte sacra, uma pinacoteca, objetos indígenas, uma maquete de São Paulo no século XVI, a pia batismal e antigos pertences de Anchieta, entre outras coisas.

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 16h30
Para visita monitorada é preciso agendar de segunda a sexta, das 13h às 16h
Preço: Museu Anchieta – R$ 6 (inteira) R$ 3(meia)R$ 2 para alunos de escola pública. Gratuito para crianças de até sete anos e maiores de 60 anos e deficientes físicos.

catedral da se - 6 Pontos Históricos de São Paulo

Praça e Catedral da Sé

3- Praça e Catedral da Sé

A primeira versão da igreja foi instalada em 1591, quando o cacique Tibiriçá escolheu o terreno onde se encontraria o primeiro templo da cidade, construído em taipa de pilão.Em 1745, a “velha Sé”, como era chamada, foi elevada à categoria de catedral. Por isso, neste mesmo ano, iniciou-se a edificação da segunda matriz da Sé, no mesmo local da anterior. Ao lado dela, em meados do século XIII, levantou-se a Igreja de São Pedro da Pedra. Em 1911, os dois templos foram demolidos para dar espaço ao alargamento da Praça da Sé e, finalmente, à versão atual da catedral.Em 1913, iniciou-se a construção da Catedral como é hoje, elaborada pelo alemão Maximilian Emil Hehl, professor de Arquitetura da Escola Politécnica. A catedral possui ainda uma cripta aberta à visitação, inaugurada em 1919. Com trinta câmaras mortuárias, mantém, até os dias atuais, os sarcófagos dos bispos e arcebispos, além de guardar os restos mortais do cacique Tibiriçá, o primeiro cidadão de Piratininga, e do padre Feijó, Regente do Império.
Também encontramos, bem à sua frente, o Marco Zero da cidade de São Paulo. O pequeno monumento de mármore em forma hexagonal, construído em 1934, traz um mapa das estradas que partem de São Paulo com destino a outros estados. Cada um de seus lados representa, simbolicamente, outra cidade ou estado brasileiro: o Paraná (araucária), Mato Grosso (vestimenta dos Bandeirantes), Santos (navio), Rio de Janeiro (Pão de Açúcar e suas bananeiras), Minas Gerais (materiais de mineração profunda) e Goiás (bateia, material de mineração de superfície).

Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 19h; sábado, das 8h às 17h; domingo, das 8h às 13h.
Horário das missas: de segunda e sexta, às 9h, às 12h e às 18h; terça, quarta e quinta, às 12h e às 18h; sábado às 12h; domingo às 9h, 11h e 17h.
www.catedraldase.org.br

bar salve jorge - 6 Pontos Históricos de São Paulo

Bar Salve Jorge

4- Bar Salve Jorge

Um pouco mais à frente  é possível almoçar no Bar Salve Jorge, serve almoço de segunda a sexta-feira de 12h as 15:30h e aos sábados de 12 as 17hs. Cada dia da semana há uma especialidade da casa e aos sábados servea famosa feijoada. Há também várias opções de petiscos , sandubas e até pizzas. O ambiente é um simpático e fascinante boteco contemporâneo. A decoração é inspirada no nome do bar que homenageia os vários “Jorges” da cultura brasileira e mundial, como o escritor Jorge Amado, os cantores Jorge Benjor, Seu Jorge, Jorge Aragão, Jorge Vercilo e George Michael, o diretor Jorge Fernando, o jornalista Jorge Kajuru, o cineasta George Lucas e o ator George Clooney, entre outros.

Bar Salve Jorge
End.: Praça Antonio Prado, 33 – Centro (próximo ao metrô São Bento).
Horário de funcionamento: segunda, das 12h às 21h30. De terça a Sexta, das 12h às 23h. Sábados e feriados, das 12h às 18h.
Tel.: (11) 3111-1123.
www.barsalvejorge.com.br

Edificio Martinelli - 6 Pontos Históricos de São Paulo

Edificio Martinelli – Foto via inspiradonas.com.br

5- Edificio Martinelli

Após o almoço é sempre bom fazer uma caminhada, bem próximo do Bar está o Edifício Martinelli construído em 1929 e idealizado pelo italiano Giuseppe Martinelli, faz uma alusão a data que marca a fundação do primeiro arranha céu da América Latina. O Edifício fica no centro de São Paulo, entre as ruas São Bento, a famosa Avenida São João e a Rua Libero Badaró. 

Edifício Martinelli
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h30 às 11h e das 14h30 às 16h. Agendamento de visitas monitoradas somente para os sábados, das 9h às 13h.
Tel: (11) 3104-2477
www.prediomartinelli.com.br

www.sambarocknaveia.com .br - 6 Pontos Históricos de São Paulo

Vale do Anhangabaú – Foto via sbarocknaveia.com.br

6- Vale do Anhangabaú

Um pouco a frente fica o Vale do Anhangabaú que até a data de independência do país (1822), era uma chácara de propriedade do Barão de Itapetininga, onde os moradores vendiam chá e agrião. Localizado no centro, entre os Viadutos do Chá e Santa Ifigênia, reúne o prédio da Prefeitura de São Paulo, o Teatro Municipal, a Escola Municipal de Balé, o Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e um campus universitário e é rodeado por grandes edifícios.
O centro é lugar de grande agitação e cresceu tanto quanto a cidade. Preocupada com a revitalização da área, na década de 80, a Prefeitura de São Paulo organizou um concurso que resultou no novo visual do local. Jardins, esculturas e três chafarizes compõem o quadro charmoso do local. É um passeio rico em história e que nos mostra um pouco dessa enorme Metrópole que é São Paulo.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - 6 Pontos Históricos de São Paulo
Natural do Estado do Rio de Janeiro, formada em Direito, que ama viajar, conhecer novos lugares e pessoas. Apaixonada por filmes e séries, com uma grande admiração pelo universo geek. Adora animais e principalmente os felinos. Conheceu São Paulo há 10 anos atrás e gostou muito daqui. Hoje mora no ABCD paulista em Diadema. É Paulista de coração e visita a capital paulistana com frequência, pois ama a terra da garoa.

Leave a Reply

*