RAPIDINHAS

Entrevista! Tibira, uma personalidade singular da noite paulistana.

Tibira é uma das maiores personalidades da noite paulistana. Empresário de sucesso há algumas décadas na capital, divide suas habilidades com os negócios às paixões de colecionador e deejay. Protagonista de uma série de TV de sucesso no History Channel, que leva o nome de seu bar mais conhecido, o queridinho dos hipsters do Baixo Augusta, Central Caos.

Tive um rápido bate-papo com esta figura singular, falamos das mudanças do Caos e de sua relação com a cidade. Uma miscelânea cultural toma conta deste, que é sem dúvidas, a prova viva do melhor do estilo cool de viver SP.

tibira fonte deles ig com br - Entrevista! Tibira, uma personalidade singular da noite paulistana.
Foto: deles.ig.com.br

Confira abaixo nossa conversa:

Tibira, primeiramente obrigado por aceitar o convite de conversar conosco. Você é uma das maiores figuras, se não a mais conhecida do Baixo Augusta. Como começou essa história de sucesso na rua mais democrática de São Paulo?

 Na verdade eu nasci no Bixiga e desde criança frequentei a região. Fiquei muito triste com a decadência e resolvi fazer algo para melhorar aquela área que era tomada pelo tráfico e prostituição! Com a abertura do Vegas começamos a revitalização da área, e muita gente começou a me procurar pra saber o porque eu tinha escolhido aquela região.

tibira4 - Entrevista! Tibira, uma personalidade singular da noite paulistana.
Foto: André Passos

Você foi responsável por grandes negócios na Augusta. O extinto Caos, protagonista de uma série de sucesso no History Channel apresentava você e a Carrô com a rotina de desdobramentos do estabelecimento que dividia suas atividades em loja de antiguidades e bar-balada.  Por quê fechou o Caos?

Na verdade o Caos não fechou. Fui para uma outra região com mais espaço (Santa Cecília). A Augusta não era mais meu público, foi invadida por outros tipos de jovens e frequentadores.

tibira 300x400 - Entrevista! Tibira, uma personalidade singular da noite paulistana.
Foto: g1.globo.com

– Ainda falando sobre Bares, você foi responsável por um projeto de sucesso e muito querido do público jovem paulistano. O Carniceira, antigo açougue na Augusta foi um bar que marcou época nas noites alternativas. Como foi esse projeto?

O Z Carniceira era um açougue e mercearia que eu frequentava desde de criança, por isso fiz questão de pegá-lo e restaurá-lo. Na época eu tinha um sócio que há anos não é mais, e nem quero citá-lo por motivos pessoais.

– Você realizou no dia 25/01 a 18º edição da Corrida Maluca, exatamente no dia em que a cidade completou 463 anos. Como foi o evento?

O evento Corrida maluca SP é um hobby que cresce cada vez mais e se firma na cidade. Já fazemos à dois anos e tem sido um sucesso geral de mídia e carros. Na última edição saímos na Fox Sports, no Programa Nitros.

– Para finalizar, como você considera sua relação com a cidade? Qual mensagem de aniversário você deixa para a metrópole que tem tudo, e é responsável por tanto sincretismo cultural, principalmente no segmento de entretenimento, bares e restaurantes?

A minha relação com a cidade é de amor e ódio, como a de qualquer paulistano. Mas sobretudo de muito amor! A ideia é deixar a cidade mais colorida e divertida, esquecendo todos os seus problemas.

tibira2 - Entrevista! Tibira, uma personalidade singular da noite paulistana.
Foto: André Passos

Serviço:
Central Caos

Foto de destaque: André Passos

Compartilhe!
Iago Furtado
the authorIago Furtado
Apaixonado por São Paulo. Paulistano de coração, paulista por vocação. Traz em sua bagagem pouco mais de vinte anos no estado, quatro em Santa Catarina, além de uns pulos por ali e outros por aqui.Articulista nato, tem pela escrita uma vivência. Já foi blogueiro, pequeno colunista e sempre um amante da arte das palavras. Um pouco de tudo. Contato: [email protected]

Deixe uma resposta