Mostra Quintas de São Paulo – fotografia de primeira realizadas às quintas-feiras!

Mostra Quintas de São Paulo – fotografia de primeira realizadas às quintas-feiras!

Fotografar São Paulo, e ver fotografias de São Paulo é como descobrir a cidade, desvendar seus mistérios, conhecer seus meandros e a emoção de seus habitantes, como vemos na fotografia intitulada “A Cidade por Testemunha” de autoria de Carlos Alkmin. Depois de realizar uma ou a outra atividade – fotografar ou olhar -, sempre somos contemplados com mais respeito, curiosidade, crítica e amor por essa que é nossa cidade.  E isso ganha significado especial neste mês de aniversário de São Paulo.

A Mostra QUINTAS DE SÃO PAULO cumpre essas duas funções. E você, que não fotografou, poderá ver e se deliciar com a exposição que está aberta na Rua Conselheiro Crispiniano, numa parte do centro da cidade com forte tradição para a fotografia paulistana.

A mostra é o resultado do olhar de 36 fotógrafos que se reuniram periodicamente com o objetivo de desvelar lugares de São Paulo. Ao longo de 2016, o grupo realizou saídas fotográficas pela cidade, nas manhãs de quintas-feiras alternadas, fato que inspirou o nome das saídas em si – “Fotografia de quinta”. Um trocadilho descontraído, pois a dedicação dos participantes ao olhar é “de primeira” ”.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Mostra Quintas de São Paulo – fotografia de primeira realizadas às quintas-feiras!

São olhares múltiplos, de arquiteto, professor, administrador, advogado, pintor de parede, escritora, publicitário, além, é claro, de fotógrafos profissionais de larga experiência, todos com um interesse comum: o amor pela fotografia e pelo compartilhamento de suas narrativas por meio das imagens da cidade, de seus lugares, paisagens e personagens.

As fotos são sempre de algum recanto descoberto e de ângulos menos explorados de São Paulo, com uma visão mais poética da cidade e de suas pessoas. Ou seja, as “quintas” da cidade.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Mostra Quintas de São Paulo – fotografia de primeira realizadas às quintas-feiras!

Meninos no Corredor – Colégio Arquidiocesano Maristade. Autora: Betânia Oliveira Gomes

Esta primeira exposição do grupo, coordenada pela jornalista Regina Azevedo, está sendo apresentada no Salão Consigo de Fotografia, que dispôs do espaço para sua realização. No próximo sábado, dia 14 de janeiro, os fotógrafos estarão recepcionando os que comparecerem à exposição. Aproveite para dar um passeio pelo centro da cidade e ver a mostra!

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Mostra Quintas de São Paulo – fotografia de primeira realizadas às quintas-feiras!

Serviço:

Mostra Quintas de São Paulo
Local: Salão Consigo da Fotografia, Rua Conselheiro Crispiniano, 105/1º,
Data: de 7 de janeiro a 26 de fevereiro de 2017
Horário: segunda a sexta das 9h às 18h, sábados das 9h às 12h30 – ENTRADA FRANCA
Informações: Regina Azevedo, [email protected] 11-993919153

Fotógrafos participantes: Ademir Fheliz  – Antonio Carlos Carreiro – Apolo Salomão – Aretusa Silva – Armando Bruck – Betania Oliveira Gomes – Carlos Alkmin – Carlos Kogl – Carolina Morhy  Cesar Viegas – Cristiane Tahira – Erick Amarante – Eli Hayasaka – Fabio Marujo – Flavio Bassani Giancarlo Andriolli – Iva Santana – Jesus Lofrano – Joscelin Soares – José Eduardo F. Boaventura Lucia Du Plessis Lang – Luciana Ferreira – Lucille Kanzawa – Luiz Ferreira – Marcelo Pires – Marcos Sanchez – Mariana Seber – Miguel Costa Jr. – Monica Cavalcante – Regina Azevedo – Ritta Mendonça Sandra Regina do Amaral – Suzana Negrini – Thaïs Silva e Silva – Victor Andrade – Wagner Silveira

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Mostra Quintas de São Paulo – fotografia de primeira realizadas às quintas-feiras!
Paulistana até a alma, nasceu no Hospital Matarazzo, no coração de São Paulo. Passou parte da vida entre as festas da igreja Nossa Senhora Achiropita, os desfiles da Escola de Samba Vai-Vai e as baladas da 13 de maio no bairro da Bela Vista, para os mais íntimos, o Bixiga. Estudou no Sumaré, trabalhou na Berrini e hoje mora em Moema. Gosta de explorar a história e atualidades de São Paulo e escreveu um livro chamado “Ponte Estaiada – construção de sentidos para São Paulo” resultado de seu mestrado em Comunicação e Semiótica na PUC. É consultora em planejamento de comunicação e professora de pós-graduação no Senac.
  Acompanhe também as nossas redes sociais instagram e facebook

Leave a Reply

*