CULTURACURIOSIDADESDICASLUGARES SECRETOS

Museu do Crime ou Museu da Polícia Civil

Você já imaginou um Museu que tem em seu acervo o Crime da Mala, Chico Picadinho, Bandido da Luz Vermelha e até mesmo a história completa do Maníaco do Parque? Este museu existe, e tem mais muita coisa catalogada. É o Museu da Polícia Civil, mais conhecido como Museu do Crime de São Paulo.

policia2 - Museu do Crime ou Museu da Polícia Civil
Diplomados do curso de investigação da Escola de Polícia – Foto: Secretaria de Segurança Pública / Chello Fotógrafo

O Museu do Crime foi criado em 1930 para reunir objetos apreendidos e documentos que formam os inquéritos policiais, quando devolvidos pela justiça e eram usados como material didático de aulas na primeira Escola de Polícia de São Paulo. Foi aberto ao público em 1952, com exposição de painéis didáticos que mostram a participação da Polícia Civil no combate ao crime de São Paulo ao longo da história.

policia3 - Museu do Crime ou Museu da Polícia Civil
Armas de fogo – Foto: Secretaria de Segurança Pública / Chello Fotógrafo

Localizado dentro da Cidade Universitária, na zona Oeste de São Paulo, com acervo composto por fotos, quadros, documentos, armas, utensílios e distintivos, nos dá a oportunidade de ver com nossos próprios olhos tragédias que marcaram São Paulo, como a Cine Oberdan, o incêndio do edifício Andraus, o crime do restaurante chinês, e muitos outros.

O Crime da Mala, de 1928 e que está documentado no museu do crime, conta como Giuseppe Pistone assassinou Maria Fea, e tentou despachar o corpo dentro de uma mala, em um navio que iria para a Europa. Em sua visita, você verá que este não foi o primeiro crime deste gênero que temos registro, em 1908 Michel Trad assassinou seu sócio, Elias Farah, o que ficou conhecido como o Crime do Poço.

policia4 - Museu do Crime ou Museu da Polícia Civil
Vitima fica nove dias no cativeiro durante sequestro em 93 – Foto: Secretaria de Segurança Pública / Chello Fotógrafo

Logo na entrada, encontramos antigas viaturas da Polícia Civil, podemos ver também como eram as delegacias no século passado, através de uma reprodução. Há também objetos apreendidos de diversos crimes, e cabeças, feitas de cera, de criminosos que chamaram muita atenção do público, temos também acesso a uma sala totalmente destinada as drogas, com exposição até mesmo de objetos apreendidos e fotos de como ficaram os usuários.

policia5 - Museu do Crime ou Museu da Polícia Civil
Kombi 75 da Seccional de Casa Branca

Há salas para os mais fortes, onde é possível entender a diferença entre necropsia, exumação e medicina legal, que são expostas de maneira, que podemos chamar de impactante, além de uma outra sala onde estão restos mortais, fetos e cadáveres de bebês vítimas de infanticídio à mostra. Mas fique tranquilo, você pode visitar o Museu do Crime e não ver nada disso também.

DSC00179 - Museu do Crime ou Museu da Polícia Civil
Foto divulgação

A entrada só é permitida a partir de 16 anos, pois há fatos muito marcantes. Além disso, as visitas ao Museu do Crime, além de educativas e culturais, tem o propósito de instruir os jovens, para que não entrem no mundo das drogas, nem do crime.

Você verá muitas fotos, peças e documentos que contam a história dos crimes de São Paulo, e como foram tratados e resolvidos. Visite o Museu do Crime!

Serviço:
Museu da Polícia Civil
Endereço: Praça Professor Reynaldo Porchat, 219 – Butantã – São Paulo
Telefone: (11) 3468-3360
Horário: De terça a sexta-feira, das 13h às 17h
Informações: Para visitas em grupos é necessário agendamento prévio; menores de 16 anos devem ir acompanhados de um responsável.
Site

Compartilhe!
Redação SP City
Um projeto que tem a cara de São Paulo :)

3 Comentários

Deixe uma resposta