Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

Os prédios de São Paulo contam histórias de todas as épocas da cidade, muitos são lindos, marcaram seu tempo, e são grandes marcos da cidade, disponíveis para todos nós passarmos, olharmos e é claro, vivermos momentos de encanto com a arquitetura da cidade.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

No início da década de 1950, o nome Oscar Niemeyer já era artigo de luxo, a cidade de São Paulo tem diversos prédios projetados pelo famoso arquiteto, que fez maravilhas por onde passou. No caso de hoje, além de um projeto arrojado e inovador para seu tempo, como era de costume, uma obra de arte precisava ser instalada.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

O prédio é a Galeria Califórnia, e a obra de arte, nada menos do que um painel de 250 metros quadrados de Cândido Portinari, realmente, só de ler estes dois nomes juntos, temos certeza de um trabalho diferenciado, incrível aos olhos.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

E é isso que a Galeria Califórnia foi, ainda é, mesmo agora menos imponente, as vezes, parecendo quase abandonada, por pessoas que passam correndo e não veem sua imensa obra de arte, talvez, tenhamos ficado apressados demais, com um certo medo de passear pelas ruas de São Paulo, mas, com um pouco de treino nos olhos e informação, encontramos verdadeiras obras de arte, seja em painéis como este, ou, simplesmente, na arquitetura da cidade.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

A Galeria Califórnia foi construída entre os anos de 1951 e 1955, com projeto de Oscar Niemeyer e Carlos Lemos, braço direito de Niemeyer durante os anos em que teve escritório na capital paulista.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

Na década de 1950 os prédios eram muito diferentes do que são hoje, os andares térreos eram abertos, verdadeiras continuações das calçadas, residências e comércios ocupavam os mesmos prédios. Havia naquele momento, novas regras de ocupação e aproveitamento, um número máximo de andares podia ser construído.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

Na fachada do edifício, pilares em “V”, são a marca de Niemeyer, um ícone que se tornou moda em 1950, mas o Galeria Califórnia tem ainda muito mais, como o terreno não era totalmente plano, na fachada da Rua Barão de Itapetininga, ele tem 10 andares e mais três pavimentos, sucessivamente recuados, o que nos dá um total de 13 pavimentos.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

Na parte baixa da Galeria Califórnia, o prédio passa a ter 8 pavimentos no mesmo alinhamento, e mais cinco em um único recuo. Além disso, há um belo pátio interno, de onde a percepção é de 13 pavimentos no prédio todo.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

Como se não bastasse esse projeto tão diferenciado para a época, os edifícios e demais empreendimentos de Oscar Niemeyer contam com obras de arte, no caso do Galeria Califórnia, um painel abstrato, de pastilhas vitrificadas de Cândido Portinari, com 250 metros quadrados, em cinza, preto e vermelho.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!

Uma obra belíssima, que merece minutos de nossa atenção, ao passar pela rua. Além disso, há quem diga que os jardins foram projetados por Di Cavalcante, outros, que o projeto deles é do próprio Carlos Lemos, ainda há que se pesquisar mais para comprovar quem os desenhou, mas vale a pena vê-los.

Serviço:
Rua Barão de Itapetininga, 255.
Telefone: 11 3258-1396

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Niemeyer e Portinari juntos, é claro, em São Paulo!
Um projeto que tem a cara de São Paulo 🙂
  Acompanhe também as nossas redes sociais instagram e facebook

Leave a Reply

*