CULTURACURIOSIDADESDICAS

São Paulo também tem arte indígena!

Encontrar arte indígena autentica nas grandes cidades não é uma tarefa fácil, mas em São Paulo, há um lugar especializado, que além de autenticidade, garante respeito à cultura dos povos indígenas, valoriza o artista e suas obras, e nos dá acesso à lindas peças.

amoakonoya5 - São Paulo também tem arte indígena!

A Amoa Konoya nos traz além de lindas peças, que são verdadeiras obras de arte, das mais simples as mais complexa, muito conhecimento, cultura e respeito ao povo indígena do país.

A loja é do Walter Gomes, que é nascido em Anápolis, Goiás, mas mora em São Paulo desde a década de 1970, e desde 1986 tem amplo contato com a cultura indígena brasileira. Após conhecer o povo Ashaninka, do rio Amônia, no Acre, o Walter passou a buscar espaços para comercializar sua arte. Mas logo percebeu que não havia locais específicos para a comercialização nem a real promoção de arte indígena.

amoakonoya4 - São Paulo também tem arte indígena!
Suportes para panelas “Kulutupes” – Mehinaku – Parque Indígena Xingú (MT)

Foi assim que ele decidiu abrir as portas de sua casa, para que tornasse possível comercializar e também valorizar tanto as obras quanto os artistas e também pudesse divulgar informações corretas sobre cada povo.

amoakonoya3 - São Paulo também tem arte indígena!
Peneiras com grafismos – Tapirapé -MT.

Assim, em 1994 nasceu a Amoa Konoya que significa Jabuti. Tanto Amoa quanto Konoya tem o mesmo significado, Jabuti, como falamos, mas vem de línguas diferentes, Amoa, na língua Paeter, dos Suruí de Rondônia e Konoya na língua do povo Ashaninka, do Acre.

amoakonoya2 - São Paulo também tem arte indígena!
Jabutis, chocalhos feitos de coité e cera de abelha – Kuikuro- Parque Indígena Xingú-(MT)

Mas não somente estes povos indígenas estão representados na Amoa Konoya, que é uma referência para muitos povos, que encontraram na loja o espaço ideal para difusão de sua arte e cultura, não somente vender peças, mas um local onde suas raízes são respeitadas e valorizadas.

amoakonoya6 - São Paulo também tem arte indígena!
Tubos, com carimbo e tinta, pasta de urucum. – Asheninka – Acre

Quase 230 povos indígenas estão representados nas milhares de peças de Amoa Konoya, por lá é possível encontrar cerâmicas, esculturas em madeira, adornos, cestaria, brinquedos, instrumentos musicais, peças de tecelagem, objetos rituais, bancos, máscaras e muitas outras coisas. Além de vender peças, a Amoa Konoya resgata registros iconográficos antigos dos povos, e assim incentiva a arte moderna, que carrega a tradição de cada tribo.

amoakonoya7 - São Paulo também tem arte indígena!
Rabecas Guarani, de madeira- Litoral de SP

Na Amoa Konoya também uma biblioteca e videoteca, além de excelentes profissionais, capacitados para orientar os clientes sobre a arte e a cultura de cada povo. É possível agendar visitas guiadas pelo acervo, assim, além de se encantar com a beleza de cada peça, conhecemos ainda mais a sua história e do povo que a confeccionou.

Certamente você encontrará peças lindas além de uma grande oportunidade de contato com uma cultura tão rica e diversa!

Serviço:
Amoa Konoya
Rua João Moura, 1002 – Jardim América
Telefone: 11 3061 0639
E-mail: [email protected]
www.amoakonoya.com.br

Compartilhe!
Redação SP City
Um projeto que tem a cara de São Paulo :)

1 comentário

Deixe uma resposta