CURIOSIDADES

O que torna São Paulo única?

Certo dia, uma moça que acabara de chegar na cidade, vindo do interior, parou para pensar o que havia naquele local que atraia tanta gente do Brasil inteiro para ter uma vida melhor e ainda a fazia ser conhecida no mundo inteiro. Indignada com a admiração das pessoas e com a afirmação da maioria de que jamais conseguiria sair dali, resolveu perguntar para alguns cidadãos o motivo de tanta paixão pela correria, que muitas vezes aparentava ser puro ódio.

A uma moça de óculos e um caderninho na mão, que corria de um lado para o outro, ela fez a pergunta. A resposta foi que a cidade proporcionava tudo aquilo que ela sempre sonhou, um emprego de visibilidade, onde poderia fazer o que gostava e ser reconhecida, coisa que jamais aconteceria em outro lugar, mesmo que em uma cidade grande. A moça era uma jornalista que acabava de ser contratada e estava correndo atrás da primeira matéria.

beco do batmann - O que torna São Paulo única?
Foto via: ohperablog.com

A um jovem que carregava algumas latas de tinta, a pergunta também foi feita. O que ele mais gostava na cidade eram as construções. Os grandes prédios, viadutos, muros enormes, casas gigantescas e monumentos eram os lugares perfeitos para espalhar a sua arte. Talvez, essa fosse a única forma de que ela fosse vista por alguém, já que para se sustentar precisava trabalhar como vendedor. O jovem era um grafiteiro, que não procurava reconhecimento, mas sentia necessidade de espalhar mais cores por onde passava.

ibirapuera parque 009 - O que torna São Paulo única?
Parque do Ibirapuera

A uma senhora que caminhava próximo ao Parque do Ibirapuera, ela foi um pouco mais educada, dando bom dia e fazendo a pergunta em seguida. A resposta foi bastante surpreendente: mesmo parecendo uma selva de pedra em que ninguém está preocupado com nada além do seu próprio nariz, ainda é possível encontrar educação em um simples “bom dia” durante a minha caminhada matinal.

Estação Julio Prestes Site salasaopaulo.art .br  - O que torna São Paulo única?
Estação Júlio Prestes, sede da Sala São Paulo – Foto: salasaopaulo.art.br

Surpresa com a variedade de respostas que foram dadas, a garota notou que todos sentiam a mesma coisa pela cidade: amor e ódio. Em meio a tanta confusão, correria, prazos, poluição, falta de tempo e preocupação, no fundo, a cidade está cheia de sonhos e desejos. Cada um que passa correndo desesperado para pegar o ônibus, está querendo uma vida melhor, desejando um momento de paz, de alguma forma. Por trás de todo o desespero, o que torna São Paulo única é o fato de que ela move corações em busca de sonhos e é uma das poucas cidades do mundo que oferece os meios para que a maioria seja realizado. Portanto, demonstre mais seu amor pela capital, ela te proporciona muito mais do que você imagina.

Compartilhe!
Redação SP City
Um projeto que tem a cara de São Paulo :)

32 Comentários

Deixe uma resposta