CULTURA

Como o “Batman” influenciou a arte na cidade

Beco do Batman - Foto by: @hugocoracini

Tudo começou na década de 80, quando uma pequena e singela viela na Vila Madalena exibia suas paredes cinzentas, assim como as outras do bairro. Exceto que, um dia, em uma dessas paredes sem vida, surgiu um desenho do homem-morcego para a admiração de todos que passavam por ali.

beco do batman5 - Como o "Batman" influenciou a arte na cidade
Foto via: ohperablog.com

Aquele desenho chamou a atenção de pessoas ligadas à arte e principalmente ao grafite, fazendo com que as paredes fossem, pouco a pouco, sendo preenchidas das mais variadas formas e cores. E aquela singela viela, com um simples desenho, se tornaria um grande, se não o maior símbolo da arte do grafite na cidade. Mesmo após três décadas, o “Beco do Batman”, como hoje é chamado, é visitado diariamente por moradores da cidade, por quem está apenas de passagem e serve de locação até para ensaios de fotografia e álbuns de casamento.

beco do batman4 - Como o "Batman" influenciou a arte na cidade
Foto via: ohperablog.com

O mais legal do beco é que ele é dinâmico. Os trabalhos que estão por lá são substituídos por outros conforme a pintura vai se desgastando, tudo combinado entre os artistas que têm o espaço por ali. Em cada centímetro da viela, é possível encontrar formas geométricas, psicodélicas, abstratas e outras surreais! É literalmente uma galeria de arte a céu aberto, mostrando que o grafite vai além de um simples desenho ou, às vezes, chamado de “pichação” na parede. Grafite é arte, é como um artista expressa a sua mais íntima relação e opinião sobre as coisas que acontecem ao seu redor, com formas e cores que atraem, instigam e, dependendo do desenho, emocionam quem aprecia. É quase que entrar em um mundo imaginário de história em quadrinhos que, ironicamente, tem um contraste bem nítido da sombria Gotham City, onde vive o herói cujo nome batizou o lugar.

beco do batmann - Como o "Batman" influenciou a arte na cidade
Foto via: ohperablog.com

O beco fica na Rua Gonçalo Afonso, na Vila Madalena. A forma mais fácil de chegar, se for de transporte público, é utilizar a linha amarela, descer na nova estação Fradique Coutinho e depois caminhar por cerca de 10 minutos pelo bairro.

Adquira cultura, conheça São Paulo.

Foto de destaque by: @hugocoracini

Compartilhe!
Alison Lima
the authorAlison Lima
Natural de Guarulhos/SP, 23 anos, formado em engenharia elétrica e atua no setor automotivo. Um admirador de grandes metrópoles e todas as suas peculiaridades. São Paulo é o lugar ideal, onde há o encontro e mistura de tudo e todos, 24 horas por dia, 7 dias da semana. É uma cidade única, feita para qualquer um se apaixonar.

4 Comentários

Deixe uma resposta