Conheça a Gibiteca Henfil no Centro Cultural de São Paulo

Conheça a Gibiteca Henfil no Centro Cultural de São Paulo

Imagine um acervo com mais de 10 mil títulos entre álbuns, revistas e livros sobre HQs,  RPG, fanzines e recortes de periódicos. Isso mesmo, um lugar para os amantes das histórias em quadrinhos. A Gibiteca foi fundada em 1990 e é considerada a maior instituição do gênero por possuir uma coleção rica, que inclui materiais únicos e raros, como a cópia de uma publicação de Tico Tico, a primeira revista em quadrinhos do Brasil.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Conheça a Gibiteca Henfil no Centro Cultural de São Paulo

Essa é a Gibiteca Henfil, uma espécie de biblioteca de quadrinhos, o nome Henfil foi dado em referência ao famoso cartunista, Henrique de Souza Filho,  que teve um importante papel nos quadrinhos no Brasil pela renovação que trouxe ao desenho humorístico nacional com seus personagens e críticas sociais. Suas publicações também fazem parte do acervo.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Conheça a Gibiteca Henfil no Centro Cultural de São Paulo

Foto de divulgaçãoo

Katsuhiro Otomo, Robert Crumb, Art Spiegelman, e Joe Sacco são alguns dos autores estrangeiros cujas obras:  Akira, America, Blues, Maus e Palestina, compõem o acervo. É interessante também ressaltar algumas obras que recentemente foram adaptadas para outras mídias. Uma delas é Persépolis, da iraniana Marjane Sartrapi. O quadrinho foi para os cinemas em 2007 e recebeu a nomeação ao Oscar de melhor animação no ano seguinte. Outro exemplo é Watchmen, de Alan Moore, considerada uma das mais importantes graphic novels da história dos quadrinhos. O filme baseado no livro foi dirigido por Zack Snyder e estreou em março de 2009. Snyder também dirigiu 300, inspirado na revista 300 de Esparta, de Frank Miller. Sin City,de Frank Miller, e V de Vingança, de Alan Moore, também viraram filmes em 2005.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Conheça a Gibiteca Henfil no Centro Cultural de São Paulo

Foto de divulgação do site

O próprio Frank Miller atuou como cineasta na filmagem da clássica série Spirit, que estreou em 2008 e foi originalmente escrita por Will Eisner. O autor americano, falecido em 2005, também teve seu livro Avenida Dropsie transposto para o teatro. A peça foi montada pela Sutil Companhia e dirigida por Felipe Hirsh. Outro exemplo de adaptação de quadrinhos para as artes cênicas é a do mangá Death Note, que foi para os palcos em montagem da Cia. Zero Zero, dirigida por Alice K.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Conheça a Gibiteca Henfil no Centro Cultural de São Paulo

Foto de divulgação do site

Parte dos títulos além de poderem ser consultados na própria gibiteca também ficam disponíveis para empréstimos, basta se cadastrar apresentando comprovante de residência e documento com foto. O espaço oferece ainda oficinas, palestras, exposições, exibição de filmes e jogos. Vale muito a visita , tanto para os amantes de quadrinhos como para aqueles que estão começando a conhecer esse universo.

E com a intenção de conversar com o seu público para além do contato direto, a Gibiteca também está disponível nas mídias sociais. Fique atento às novidades através do Facebook e Twitter.

Gibiteca Henfil
Local: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1.000 – Paraíso
Fone: (11) 3397-4090
Horário: de terça a sexta, das 10h às 20h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Entrada gratuita
Site Oficial

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Conheça a Gibiteca Henfil no Centro Cultural de São Paulo
Natural do Estado do Rio de Janeiro, formada em Direito, que ama viajar, conhecer novos lugares e pessoas. Apaixonada por filmes e séries, com uma grande admiração pelo universo geek. Adora animais e principalmente os felinos. Conheceu São Paulo há 10 anos atrás e gostou muito daqui. Hoje mora no ABCD paulista em Diadema. É Paulista de coração e visita a capital paulistana com frequência, pois ama a terra da garoa.
  Acompanhe também as nossas redes sociais instagram e facebook

Leave a Reply

*